Estilo Pin-up/Vintage/Retrô!

Afinal, o que é pin-up?

Apesar do termo ter se originado lá no começo do século 20 (anos 20/30), foi nos anos 40 que se tornou bastante popular. Primeiramente, o termo era referido as mulheres que modelavam e serviam de inspiração para vários artistas na época (como Gil Elvgren, Alberto Vargas, Art Frahm, George Petty, entre outros.), que em seguida reproduziam a imagem das moças em pinturas, que serviam para fazer calendários, colocar em revistas, jornais e também em cartões portais. Nessa mesma época acontecia a Segunda Guerra Mundial, e as pinturas das mulheres em poses consideradas sensuais e provocantes acabaram se tornando uma companhia indispensável dos soldados que iam para a guerra, que penduravam (pendurar, que em inglês é pin-up) as imagens no armário, na cabeceira da cama, na parede, daí o motivo do termo ter se tornado popular.

Em 1944, foi lançado o filme chamado "Pin-up Girl", estrelando Betty Grable, por isso por muitos ela é considerada a primeira pin-up. A partir daí o termo foi relacionado as mulheres da época, e assim se tornando uma referência de estilo de se vestir e de comportamento para as mulheres até os dias de hoje.


*Pin-up - Hoje em dia*

O termo agora é usado para designar um estilo de vida de mulheres da época atual que gostam de resgatar e representar a estética das mulheres das décadas passadas, mais precisamente entre as décadas de 30 e 50. Como exemplo, podemos citar: Marilyn Monroe, Bettie Page, Betty Grable, Brigitte Bardot, Carmem Miranda, Rita Hayworth... E as mais atuais que fazem uma releitura do estilo ou somente se inspiram, são: Dita Von Teese, Katy Perry, Bernie Dexter, Scarlett Johansson, Amy Winehouse, Imelda May, Lana Del Rey, e até Gwen Stefani volta e meia resolve se vestir assim, entre várias outras. As mulheres que mantém o estilo no dia-a-dia nunca deixam a feminilidade de lado, sempre carregam a conduta de elegância e independência. É importante pesquisar e estudar muito sobre moda da época, comportamento vintage, e tudo que se enquadra nesse estilo, tanto para quem já é adepta ou para quem quer conhecer mais, para assim poder retratar uma época com genuinidade. 

Para esclarecer recorrentes dúvidas: pin-up não é um estilo de roupa, não existe "roupa pin-up", e sim roupa vintage ou retrô. Pode parecer clichê, mas pin-up é comportamento e estilo de vida num todo. Abaixo estão alguns exemplos de roupas e acessórios que fazem parte do estilo pin-up!


O estilo
Roupas: A estilo é composto por roupas que delineiam o corpo, as curvas. A maior parte das roupas tem o comprimento médio, da canela ou no máximo 1 palmo acima do joelho. Vestidos em estilo 'swing dresses' são os mais escolhidos por remeter aos anos 50, assim como saias rodadas, saias lápis, godês e tulipas, a calça jeans também está incluída no guarda-roupa, sempre com a barra dobrada, podendo ter ou não a cintura marcada.























M
ake-up: A maquiagem que mais marca o estilo pin-up é o delineado estilo gatinho, o batom vermelho, que pode ser rosa ou coral também, pó compacto, sombra branca ou perolada, blush para deixar a aparência saudável e rímel para dar um up no olhar. Cílios postiços e sombra mais escura são usados numa produção mais elaborada.





HairstyleO cabelo está sempre bem feito, com ondas, lisos chanéis, enrolados, ou com penteados de época. Os acessórios para cabelos também são um charme e dão um super up no visual, são: flores, grampos, lacinhos, tiaras, lenços e bandanas rockabilly com estampa paisley.










Shoes: Os sapatos vão desde saltos altíssimos, como os famosos e lindos Louboutins, oxfords, até as sapatilhas que foram eternizadas pela bonequinha de luxo, Audrey.











Music: Já, dentro do estilo musical que ouvimos, estão: psychobilly, rockabilly, boogie woogie, country, punk, folk, doo wop, rock, entre várias outras desde as antigas até as mais atuais, como: Nekromantix, HorrorPops, Hillbilly Rawhide, The Puppini Sisters, The Pipettes, The Baseballs, Sick Sick Sinners, The Devil Makes Three, Old Crow Medicine Show, Mad Sin, etc.