R.I.P, Piglle!

Meninas, primeiramente quero me desculpar pela mega ausência dessa vez. Aconteceu tantas coisas que infelizmente andei meio desanimada de postar aqui no blog, mas podem ficar calmas que eu volto logo logo. Há um mês atrás eu comecei a fazer estágio, o que é muito bom, pois eu precisava realmente do dinheiro pra realizar um sonho, que espero, em breve, falar para vocês. Isso, já tomou todas as minhas tardes livre que eu tinha, onde era o tempo que eu sempre reservava para preparar os post para vocês.
Já não bastava estágio, semana de provas, testes e trabalhos, e ainda por cima de tudo, e no dia 7 de setembro, no dia do "aniversário de namoro" de 3 anos e 10 meses, que é o dia do mês que eu e meu namorado sempre programamos uma saída romântica , meu ratinho morreu. Vocês já conhecem ele por foto, já postei aqui. Ele era uma graçinha, todo branquinho, tinha os olhos vermelhos, e o mais legal de tudo, amava brincar comigo e com a família toda, super amigável, como se fosse um cachorrinho. Sempre que eu chegava em casa ele estava na porta me esperando, daí eu o pegava e ele começava a me lamber e a correr em volta de mim, era a coisa mais amável que eu já conheci. O Piglle nasceu no dia 16 de março de 2010, tinha 1 ano e 6 meses, e morreu por causa de problemas respiratórios, bem no meu colo. Bem, não tem como ficar feliz de um dia pro outro quando o nosso bichinho de estimação, que amamos como se fosse uma pessoa da família, quem tem um pet sabe como é. E isso desanima a gente, mas já estou ficando melhor, apesar de saber que todos os dias eu sentirei a falta dele.
Bem, só vim aqui avisar sobre o meu sumiço repentino, e senti que devia vim pedir desculpas por isso, mas como eu disse, I'm back again! É isso aí, seus lindos, até o próximo post



Ele com menos de um mês =)

Amo essa foto

Ele já bem grande, com mais ou menos 40 cm,
 ou até mais, se duvidar! hehehe



5 comentários:

  1. Me lembro quando tive um casal, tive que doa-los pois as crias não ficavam dentro da gaiola, era ratinhos pra todo lado....rsrsrsrss!!
    Mas tenho saudades, presenciei o nascimento de todos os 8 ratinhos....hihihihi

    ResponderExcluir
  2. que o Piggle descanse em paz e chegue bem rapidão ao paraíso dos ratinhos que eu imagino ser feito de montanhas e castelos de queijo (E ASSIM SENDO, até eu gostaria de ir pra lá quando morrer).

    JOPZ

    ResponderExcluir
  3. nooossa sério que ele te esperava na porta??? que lindinho!! temos a impressão de que rato é um bichinho que só sabe ficar correndo, num fica tão apegado ao dono. muito fofinho!

    ResponderExcluir
  4. não levou ele no veterinário não??

    ResponderExcluir
  5. Sim, todos os dias ele ficava me esperando hehehe É lindo! Pois é, todo mundo pensa que rato é um bicho de esgoto e que eles não tem afeto e nem sentimentos, só criando um mesmo pra saber como eles são carinhosos.

    Ah, levei ele ao veterinário sim, mas problemas respiratórios em ratos é mais do que comum, então, no estado que ele estava, infelizmente não tinha nada mais o que fazer, eu tentei de tudo, mas foi uma pena de ele não ter melhorado ='(

    Obrigada pelo apoio de todos vocês, babies! xoxo

    ResponderExcluir