Drive-In Theater

Aposto que todos vocês gostam de cinema - ou pelo menos a maioria -. Nada melhor do que ir com o seu namorado/marido/paquera assistir um filme bem legal juntinhos, ou até mesmo ir com os amigos pra se divertirem, mas hoje o cinema que eu vou falar é muito diferente dos dias de hoje, que é um local fechado, escuro, nada de barulho e bagunça e em hipótese alguma, as pessoas podem fumar ou beber lá dentro, não é? Bem, os de antigamente você podia fazer tudo isso, não tinha todas essas regras, somente uma: Não deixar o farol do carro ligado... Estou falando do Drive-in Theater, ou Cinema ao ar livre (Cinema Para-brisa), como muitos já devem ter ouvido falar, que é onde tem uma tela enorme, como qualquer outro cinema, mas você assiste o filme de dentro do seu carro!
O Drive-in Theater foi criado pelo Richard Hollingshead, que no início dos anos 30 trabalhava como gerente de vendas na empresa de auto-peças do pai, e depois de ouvir queixas da sua mãe sobre o quão desconfortável era os assentos do cinema, já que ela era mais cheinha, decidiu começar um o projeto na própria casa, em Camden, New Jersey. No começo ele usou um lençol amarrado entre duas árvores, para ser a tela, um projetor de cinema da Kodak de 1928, uma caixa de som atrás da "tela", e claro, o carro dele, de apoio para o projetor. Depois disso ele organizou todo o espaço de modo que os carros que estivessem na frente não atrapalhariam os demais que viessem atrás. E então pouco tempo depois foi inaugurado o primeiro Drive-in em 6 de junho de 1933, e o primeiro filme apresentado foi "Wives Beware", que é um comédia britânica.







Depois do sucesso, muitos outros cinemas desse tipo foram abertos e pelo grande número de cinemas Drive-in, cada vez mais pessoas iam, e consequentemente, cada vez mais os estacionamentos enchiam, e houve um problema com o som, que antes era instalado em uma torre para que todos ouvissem, mas os que ficavam lá atrás recebiam o som atrasado e não acompanhavam o filme, problema que mais tarde foi resolvido facilmente, os cinemas tinham uma rádio FM, e era só sintonizar no próprio carro e ouvir todo o filme, e quem não tinha rádio, era só solicitar para os donos do cinema caixinhas de som emprestadas, que recebiam o som normalmente.
O Drive-in ficou muito mais reconhecido e valorizado nos anos 50 até o início dos anos 60, principalmente pelos filmes das nossas musas Hollywoodianas, como: Marilyn Monroe, Brigitte BardotGrace Kelly, Audrey Hepburn, entre outras. Hoje em dia não existem muitos aqui no Brasil, acho que no máximo 2 ou 3. Aqui em Brasília tem um, o Cine Drive-in, infelizmente nunca fui lá - mas ainda vou -, e tem toda a programação dos filmes, tem a lanchonete, e pra você não precisar de sair do carro e ir comprar o lanche e acabar perdendo o filme, é só você acender o farolete e esperar o garçom vir até você e anotar o seu pedido, bem ao estilo de antigamente mesmo. 








E pra finalizar, um clip do The Baseballs inspirado no Drive-in Theater e muitos biquinis e maiôs retrôs, que vamos ver em breve aqui!





A gift!

Estou de volta e super ansiosa para mostrar à vocês uma homenagem super linda que ganhei da Thaís Martins há alguns dias atrás! Ela me desenhou em calavera mexicana com inspiração em uma foto minha. É claro que eu amei e fiquei super feliz com essa homenagem, pois nunca recebi nenhuma tão linda como essa, e eu só tenho a agradecer a Thaís, e elogiá-la pelo seu enorme talento e dedicação. Obrigada mesmo :) Para quem quer conhecer mais sobre a arte da Thaís, confiram o blog dela clicando aqui e curtam a página no facebook aqui!


E espero que vocês tenham tido um maravilhoso dia dos namorados! xo

Batman versão Rockabilly

Um amigo meu, Lucas, me mandou um link falando sobre um artista que desenhou todos os personagens do universo Batman em versão Rockabilly, e logo pensei em fazer um post só pra compartilhar com vocês, pra verem como ficou tudo lindo! O artista conseguiu ligar tudo direitinho, e montar as roupas de cada um dos personagens, não fugindo muito do padrão, conseguindo uma harmonia bem legal. O responsável por isso é o artista italiano Denis Medri, e o seu DeviantART é cheio de desenhos muito bem feitos! Confiram :) Ah, reparem bem na Mulher-Gato como ela ficou lindíssima com essa Bettie Bangs e essa roupa... Amei